Ônibus é sequestrado na ponte Rio-Niterói por homem armado

Ônibus é sequestrado na ponte Rio-Niterói por homem armado

Um homem invadiu e sequestrou um ônibus executivo na ponte Rio-Niterói, no Rio de Janeiro, no início da manhã desta terça-feira (20). A ocorrência teve início às 5h30 e, até as 8h20, quatro mulheres e dois homem foram liberados – a estimativa é que 37 pessoas estavam no veículo.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, um único homem é responsável pela ação. Ele se identificou como policial militar e fez o motorista parar atravessado na pista, travando a circulação no sentido Rio de Janeiro. A polícia bloqueou os acessos à ponte nos dois sentidos, por segurança, e a única opção para a travessia entre as cidades no momento é por balsas.

Porta-voz da Polícia Militar do Rio de Janeiro, o coronel Mauro Fliess disse que tudo indica que a ação do criminoso foi premeditada, e não uma tentativa de assalto frustrada. Ele confirmou que o homem tem cordas para supostamente prender os passageiros, além de explosivos dentro do coletivo.

O ônibus, que faz o trajeto intermunicipal de São Gonçalo para o Rio, é da Viação Galo Branco e as cortinas impedem que seja possível ver o número de vítimas e identificar o responsável pela ação criminosa. Ele é considerado armado com itens inflamáveis.

Por volta das 6h30, cerca de uma hora após tomar o controle do veículo, o homem, que usa uma máscara, jogou um objeto em chamas para fora do veículo, pela porta da frente. Não há informações sobre a motivação da ação e, até as 7h30, o homem não teria feito exigências. O Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) negocia a liberação de mais reféns.