Com 1 habitante a mais na estimativa do IBGE, Borá segue como a menor cidade de SP

Com 1 habitante a mais na estimativa do IBGE, Borá segue como a menor cidade de SP

Pelo segundo ano seguido, Borá (SP) ganha um morador a mais na estimativa populacional do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mas segue como a menor cidade do estado de São Paulo e a segunda menor do país. O levantamento foi divulgado nesta quinta-feira (27).

Com 838 moradores, Borá só tem mais habitantes que Serra da Saudade (MG), que conta com a população de 776 moradores. No levantamento do ano passado, Borá tinha 837 habitantes, o que representou um aumento na população que vinha reduzindo desde 2017, quando passou dos 839 moradores para os 836, em 2018.

Segundo o IBGE, a população brasileira atingiu a marca dos 211,8 milhões de habitantes. Um crescimento de 0,77% em relação a população estimada em 2019, que era de 210,1 milhões de pessoas.

O estado de São Paulo segue na liderança, com 46,289 milhões de pessoas, concentrando 21,9% da população total do país. Ano passado, a população paulista era de 45,9 milhões.

História
 
Borá virou município em 1964, desmembrada de Paraguaçu Paulista. No primeiro levantamento populacional realizado pelo IBGE, em 1970, tinha 1.270 habitantes e era a décima cidade menos populosa do país. Já em 1980, ficou em segundo lugar, com 866 habitantes.

A partir do censo de 1991, Borá passou a ocupar o posto de cidade menos populosa do país, com 751 habitantes. A perda do título de menor cidade brasileira aconteceu em 2013, quando Borá, com 834 habitantes, foi “superada” pela mineira Serra da Saudade, onde o IBGE estimou 825 moradores. 

Outras cidades da região
 
As duas cidades mais populosas do centro-oeste paulista, Bauru e Marília, registraram crescimento populacional semelhante à média nacional.

Segundo o levantamento, Bauru conta com 379.297 habitantes, em 2019 eram 376.818 pessoas, ou seja, um aumento de 0,65% em sua população. A maior cidade da região é a 18ª mais populosa de São Paulo e teve um crescimento menor que o registrado no ano passado.

Já Marília, está com 240.590 habitantes, um crescimento de 0,71% em relação a 2019, quando a cidade estava com 238.882 moradores. A cidade é a 36ª mais populosa do Estado e manteve a média de crescimento registrada no ano passado.

Confira a variação em outras cidades da região com mais de 100 mil habitantes. (Veja também o levantamento completo do IBGE).

Jaú: passou de 150.252 para 151.881 (1,08%)
Botucatu: passou de 146.497 para 148.130 (1,1%)
Ourinhos: passou de 113.542 para 114.352 (0,71%)
Assis: passou de 104386 para 105.087 (0,67%)
 
Marília ultrapassou os 240 mil habitantes, segundo levantamento do IBGE.