Defesa Civil faz alerta para chuva acima da média na região até a véspera do Natal

Defesa Civil faz alerta para chuva acima da média na região até a véspera do Natal

A Defesa Civil fez um alerta para o risco de chuva acima da média no interior de São Paulo. O período começou neste sábado (21) e segue até a véspera do Natal, terça-feira (24).

Segundo o órgão, deve chover até 80 mm em cidades como Bauru, São José do Rio Preto e Sorocaba (veja a lista completa abaixo). Em outras regiões do estado, como litoral e grande São Paulo, a chuva pode chegar a 120 mm.

Por isso, a Defesa Civil alerta que os moradores fiquem atentos para possíveis alagamentos, enxurradas, transbordamento de rios e até desabamentos.

A orientação é para que as pessoas permaneçam em locais seguros durante as chuvas. O órgão pede que os moradores mantenham as calhas limpas para evitar alagamentos dentro das casas, e os meios de drenagem de água desobstruídos, para evitar o desabamento de muros.

Cidades com previsão de chuva de 80 milímetros:

Araçatuba
Araraquara
Bauru
Franca
Itapeva
Marília
Presidente Prudente
Ribeirão Preto
São José do Rio Preto
Sorocaba


ESTRAGOS


Um temporal durante a madrugada deste sábado (21) causou transtornos para os moradores de Araçatuba e Birigui (SP). A chuva, que começou por volta de 1h, derrubou várias árvores. O Corpo de Bombeiros de Birigui informou que recebeu mais de 40 Em Araçatuba foram 35 chamados de árvores caídas. A Defesa Civil municipal registrou 55 milímetros de chuva na cidade. Em Birigui, foi registrado 120 milímetros de chuva.

Na quinta-feira (19), Bauru registrou uma forte chuva que provocou inundações, pontos de alagamentos em várias regiões da cidade e desabamentos.

De acordo com o Instituto de Pesquisas Meteorológicas (IPMet), órgão ligado à Unesp-Bauru, em cerca de uma hora de chuva forte, foi registrado um volume de 73mm, o que representava quase 40% do que havia chovido no mês de dezembro na cidade até então.

Em Marília, a chuva causou transtornos na tarde de quarta-feira (18), com vários pontos de alagamento e desabamento do muro de um imóvel. Segundo os bombeiros, a água da chuva invadiu algumas casas e um supermercado na zona sul da cidade.