LADO B

LADO B

* Walter Roque Gonçalves

O assassinato  da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes volta a colocar luz sobre as notícias falsas vinculadas nas redes sociais, conhecidas como Fake News ou Lado B do marketing digital. De defensora dos direitos humanos e uma das esperanças da nova política, a vereadora se transformou em ex-mulher do traficante Marcinho VP, eleita pelo comando vermelho e morta por uma das facções criminosas.

Segundo reportagem exibida no Fantástico do dia 25 de fevereiro, existe uma verdadeira indústria por trás destas notícias difamatórias, principalmente no contexto político com foco nas eleições. O caso mais famoso é do presidente americano Donald Trump acusado de utilizar destes artifícios, em conluio com os russos, para ganhar as eleições.

A Universidade Federal da Paraíba fez uma pesquisa onde demonstrou como funciona esta indústria: criaram 3 sites falsos para dar credibilidade as notícias e as colocaram nas redes sociais através de robôs, programas de computador que disparam 1800 postagens por hora, uma a cada dois segundos.

Estes robôs tem perfis falsos nas redes sociais e raramente a farsa é descoberta por leigos que acabam por compartilhar as publicações como se estas fossem a expressão da verdade. Hoje em dia é preciso ter cuidado e buscar a imprensa profissional para confirmar se tais notícias realmente são verdadeiras ou não. E, mesmo assim, há risco de encontrar sites falsos no lugar dos oficiais.

Para precaver de falsos sites, sugere-se que se evite cliques em links divulgados nas redes sociais e e-mails. O ideal é acessar as notícias através do endereço digitado diretamente no navegador de internet ou mesmo no mecanismo de busca. Em complemento, há sites como: E-farsas, Boatos.org, Fatos & Boatos, Verdades e Boatos que investigam as notícias viralizadas na internet e ajudam a desmascarar as falsas.

Quanto a Marielle, a imprensa oficial já comprovou que a vereadora assassinada está sendo vítima das Fake News, em razão de, estar provado que apenas 10% dos votos que a elegeu ser das favelas e que nunca houve um ex-marido Marcinho VP... Por que atacar a moral de uma pessoa que não pode mais se defender? As mentiras contadas agora e os ideias de Marielle beneficiam e incomodam quem? Estas respostas estão nas mãos do Lado B do marketing digital, de quem encomendou e encomenda tais serviços e - em breve - da polícia que investiga o crime.

* Professor na FGV/ABS especializado em empresas micro e médias empresas | CRA 144.772 | Contato:(18) 99723-3109 | e-mail: consultoriaempresarialjk@gmail.com