Momo aparece em vídeos infantis e ensina crianças a se suicidarem

Momo aparece em vídeos infantis e ensina crianças a se suicidarem

Personagem interrompe vídeos populares na internet com passo a passo para o suicídio; informação foi divulgada pela revista Crescer na sexta-feira, 15.

Imagens aleatórias da Momo estão aparecendo em vídeos infantis populares na internet. A personagem interrompe a exibição com mensagens assutadoras como o que uma criança deve fazer para se suicidar. A informação foi publicada na sexta-feira (15) na revista Crescer.

A personagem, criada a partir de uma escultura de um artista plástico japonês, tem olhos esbugalhados, pele pálida e sorriso sinistro e ficou conhecida depois que um vídeo chamado “Desafio Momo” viralizou na internet no ano passado.

Esse desafio envolvia roubo de informações pessoais, incitação ao suicídio e extorsão.

A reportagem da revista Crescer relata o caso de um vídeo popular na internet de uma criança brincando de slime que é interrompido, após poucos segundos do início da sua exibição, com imagens da Momo ensinando o passo a passo de como cortar os pulsos, literalmente, em inglês.

Os pais entrevistados na matéria afirmam ter recebido o vídeo por meio de um grupo do WhastApp. Ao conversarem com a filha de 8 anos sobre o assunto, descobriram que ela já havia assistido à cena cerca de três vezes e estava muito assustada, inclusive com medo de dormir sozinha.

Eles afirmaram à reportagem que haviam colocado filtro no YouTube, restringindo o acesso da filha ao conteúdo do YouTube Kids.

A Crescer publicou uma carta do YouTube, que se manifestou sobre o assunto:
“Muitos de vocês compartilharam suas preocupações conosco nos últimos dias sobre o Desafio Momo — prestamos muita atenção nisso.

Depois de muita análise, não vimos nenhuma evidência recente de vídeos promovendo o Desafio Momo no YouTube. Vídeos incentivando desafios prejudiciais e perigosos são claramente contra nossas políticas, incluindo o desafio Momo. Apesar dos relatos da imprensa sobre esse desafio, não tivemos links recentes sinalizados ou compartilhados conosco do YouTube que violem nossas Diretrizes da comunidade.

É importante notar que permitimos que os criadores discutam, denunciem ou instruam as pessoas sobre o desafio / personagem Momo no YouTube. Vimos capturas de tela de vídeos e / ou miniaturas com eles […] Essa imagem não é permitida na aplicação YouTube Kids e disponibilizamos garantias para a excluir do conteúdo no YouTube Kids.”

Com aparência assustadora, a boneca Momo tem deixado pais e educadores em alerta, já que ela tem feito vítimas por meio de aplicativos de mensagens.

A preocupação aumentou depois que Arthur Luis Barros Santos, de 9 anos, foi encontrado morto em sua casa em Recife (PE). A suspeita é que a criança possa ter tentado cumprir um desafio proposto pela Momo, já que havia feito comentários com a mãe sobre a boneca.

A boneca que é uma escultura chamada “Mulher Pássaro” está em um museu do Japão e começou a ser usada por golpistas e pessoas mal-intencionadas.

As escolas brasileiras alertam para que pais e responsáveis fiquem próximos dos filhos e atentos para essa armadilha virtual. A coordenadora pedagógica Patrícia Chelopti revela que além de orientar sobre o uso adequado do aplicativo, a escola orienta a família a manter o diálogo aberto: “Na nossa época o perigo estava na rua, agora a rua está lá no quarto, está na sala, no celular das crianças”, alerta. Fonte: Revista Crescer