Pai acusa monitora de creche de agredir sua filha de dois anos em Tupã

Pai acusa monitora de creche de agredir sua filha de dois anos em Tupã

A prefeitura de Tupã (SP) investiga a conduta de uma funcionária de uma creche municipal acusada de agredir uma criança de 2 anos no final da tarde desta quarta-feira (6).


Segundo relato da mãe da vítima, o pai foi buscar a criança e, quando entrou na unidade para pegá-la, viu a funcionária segurando a menina pelo braço. O homem abordou a monitora e acionou a Polícia Militar.


Na sequência, o secretário municipal de Educação, Mauro Guerra, foi até a escola de educação infantil localizada no Jardim Santa Adélia para conversar com pai e a direção da unidade sobre a denúncia.


Os pais da criança fizeram um boletim de ocorrência e o caso foi registrado como agressão. A criança passou por exames de corpo de delito na tarde desta quinta-feira (7).
Por telefone, o secretário de Educação informou que foi aberto um procedimento disciplinar para apurar a conduta da funcionária, que ocupa o cargo de auxiliar de desenvolvimento infantil.


A prefeitura informou ainda que a mulher foi afastada das funções na creche onde teria acontecido a agressão e foi transferida para outra unidade.