Paraguaçu Paulista passa a contabilizar morte por Covid que gerou divergência

Paraguaçu Paulista passa a contabilizar morte por Covid que gerou divergência

A cidade de Paraguaçu Paulista (SP) passou a contabilizar a morte por Covid-19 que gerou divergências entre os dados da Secretaria Estadual de Saúde e da Prefeitura de Borá, a menor cidade do estado de São Paulo.

José Silso Ferreira, de 67 anos, morreu de Covid-19 no dia 27 de fevereiro. O idoso morava em uma propriedade rural que fica bastante próxima do limite entre os municípios de Paraguaçu Paulista e Borá.

Por causa disso, surgiu a dúvida de qual cidade registraria a morte do morador. Paraguaçu Paulista soma, desde o início da pandemia, 52 óbitos pela doença. Já Borá, cidade que tem apenas 838 habitantes, ainda não registrou nenhuma morte.

O aposentado apresentou os primeiros sintomas de coronavírus e recebeu atendimento preliminar em Borá. No entanto, com a piora do quadro clínico, foi internado na Santa Casa de Paraguaçu Paulista.

No dia 21 de fevereiro, José foi transferido para a UTI do hospital e morreu no dia 27. Com a informação da família de que ele seria morador de Borá, seu óbito foi registrado para o município pela Secretaria Estadual de Saúde.

Apesar disso, o Departamento de Saúde de Borá negava que José fosse morador do município, alegando que a propriedade onde ele residia seria na cidade de Paraguaçu Paulista.

Depois da polêmica, foi verificado que o sítio do idoso realmente faz parte do município de Paraguaçu Paulista, no bairro Campinho, mas fica mais próximo da área urbana de Borá, onde José fazia compras no supermercado, votava, frequentava cultos e até consultas médicas.

Com a confirmação da propriedade rural no município de Paraguaçu Paulista, a Secretaria Municipal da Saúde incluiu a morte de José nos seus registros da Covid-19. Nos dados do estado, porém, Borá continua com um óbito pela doença.

Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde informou que a relação de óbitos por cidade leva em conta o município de residência do paciente, conforme cadastro feito pelos serviços de saúde no sistema oficial do Ministério da Saúde.

No caso de José, a pasta informou que o óbito ocorreu e foi notificado pelo município de Paraguaçu Paulista, mas foi contabilizado em Borá, uma vez que o paciente residia nesta última cidade, à qual está vinculado seu cartão SUS.

No último dia 8, a SES disse que o município de Borá entrou em contato com o Grupo de Vigilância Epidemiológica (GVE) de Assis (SP) sobre o caso, e que está em curso o processo de investigação pelas equipes técnicas e, se for necessário, ocorrerá atualização dos dados. Fonte G1