Policial que caiu do helicóptero Águia morreu um dia antes de completar 44 anos: ‘Sentimento é profundo’, diz tio

Policial que caiu do helicóptero Águia morreu um dia antes de completar 44 anos: ‘Sentimento é profundo’, diz tio

O cabo da PM Alexandre Luís Batista, que caiu do Helicóptero Águia da PM durante um treinamento em Álvares Machado (SP), morreu um dia antes de completar 44 anos, informaram parentes e amigos. o policial foi enterrado nesta sexta-feira (17) no Cemitério da Paz, em Paraguaçu Paulista.

Representantes do Exército, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar foram prestar homenagens no velório do PM. De acordo com o tio de Alexandre, Paulo César Batista, o sobrinho costumava visitá-lo em São Paulo e sempre foi uma pessoa muito alegre.

“O sentimento é profundo porque eu carreguei ele no colo nos primeiros meses. Eu morava em São Paulo, quando eu vinha passear aqui, até o ‘mingauzinho’ dele a gente ficava comendo, brincando. Ele era sempre alegre, sempre sorrindo, um garoto muito extravagante, participava de tudo com a gente”, lembra o tio.

Policial que caiu do helicóptero Águia morreu um dia antes de completar 44 anos: ‘Sentimento é profundo’, diz tioCabo Alexandre foi enterrado nesta sexta-feira (17) em Paraguaçu Paulista — Foto: Indianara Campos/TV TEM

O cabo deixou pai, irmão e uma noiva. Segundo um amigo de infância do PM, ele gostava muito da profissão que exercia e sempre teve o sonho de ser policial. Para os amigos, colegas de profissão e parentes, Alexandre deixou saudades.

“É muita saudade. Não tem um fim, essa saudade vai ter um fim, mas a gente não sabe quando. De início, a gente carrega ela com amor no coração”, admitiu o tio do PM.

Em nota, a PM lamentou a morte do cabo. “É com extremo pesar que a Polícia Militar comunica o falecimento do Cabo Alexandre Luis Batista, de 43 anos. O policial atuava na Força Tática do 32º Batalhão de Polícia Militar do Interior e estava há 20 anos na Instituição.”

ACIDENTE

De acordo com a PM, o cabo Alexandre caiu da aeronave Águia 8, por volta das 10h30, da base de aviação de Presidente Prudente “durante treinamento conjunto do Comando de Aviação e a Força Tática do 32º BPM/I [Batalhão de Polícia Militar do Interior]. O treinamento era realizado no Aeródromo Estância Machado, em Álvares Machado”.
A queda foi de uma altura de oito a dez metros e aconteceu por motivos ainda a serem esclarecidos, informou a PM. O policial foi socorrido em estado grave para o Hospital Regional de Presidente Prudente, mas não resistiu aos ferimentos.

 Policial que caiu do helicóptero Águia morreu um dia antes de completar 44 anos: ‘Sentimento é profundo’, diz tio

Polícia Militar publicou homenagem ao policial de Paraguaçu Paulista que morreu ao cair do helicóptero Águia — Foto: Facebook/Polícia Militar/Reprodução

O Hospital Regional informou que o paciente deu entrada no pronto-socorro da unidade e recebeu todos os cuidados da equipe médica e multiprofissional. Porém, segundo o hospital, o óbito foi confirmado às 11h40.

“Todas as providências para esclarecer o caso estão sendo adotadas pela Polícia Militar, bem como pelo órgão aeronáutico responsável”, informou a PM. Fonte G1