Túmulo é violado em cemitério de Tupã

Túmulo é violado em cemitério de Tupã

Um túmulo foi violado no Cemitério da Saudade em Tupã entre a noite de domingo e madrugada desta segunda-feira (15).

Em ocorrência registrada pela Polícia Militar como violação de sepultura, consta que a Policia Militar foi acionada via COPOM para atender ocorrência de violação de sepultura no cemitério da Saudade, pela Rua Gaingangs, em Tupã.

No local, em contanto com Marcelo Luiz dos Santos, coveiro da prefeitura, que informou aos policiais que ao vistoriar a área interna do cemitério, como de rotina, observou que a sepultura número 13 da quadra 5 estava com a tampa frontal quebrada, o féretro (caixão) quebrado e o cadáver vilipendiado. Na sepultura violada, corpo foi sepultado em 1999. 

Em diligências pelo cemitério foi localizado sobre a sepultura 50-51 da quadra P, duas peças de roupas femininas, uma blusa e uma saia, que estavam jogadas. Junto a elas também havia um pedaço de pano oriundo do caixão.

A ocorrência foi encaminhada para a Central de Polícia Judiciária de Tupã, onde o delegado Marcelo Petuba LLombert acionou a perícia técnica. A Polícia Civil investiga o caso.

Vale lembrar que violação de sepultura ou túmulo é considerado crime e pode levar o criminoso à cadeia. O Código Penal brasileiro inclui entre os crimes contra o respeito aos mortos o delito de violação de sepultura, ao destacar em seu artigo 210 a conduta de quem viola ou profana sepultura ou urna funerária. A pena aplicável ao acusado é de 1 a 3 anos de reclusão, além de multa. Fonte: Tupã Notícias