Jennyfer Ferreira, vítima de feminicídio em Paraguaçu, tem melhora no quadro de saúde

Jennyfer Ferreira, vítima de feminicídio em Paraguaçu, tem melhora no quadro de saúde

Jennyfer Ferreira, de 20 anos, que sofreu uma tentativa de feminicídio em Paraguaçu Paulista, teve uma melhora no quadro de saúde, segundo familiares. Porém, ainda continua internada no Hospital Regional de Assis, está estável e respira sem ajuda dos aparelhos e assim fora de risco.

De acordo com os médicos, a jovem, no entanto, pode ficar com alguma sequela devido à gravidade dos ferimentos causados pelos golpes de marreta durante a agressão.

O Caso

Mulher é agredida com golpes de marreta pelo companheiro em Paraguaçu Paulista


Uma jovem de 20 anos ficou ferida após ser atacada com golpes de marreta pelo companheiro, de 63 anos, nesta sexta-feira (24), em Paraguaçu Paulista (SP). Após a tentativa de homicídio, o companheiro foi achado morto com um tiro na cabeça.


Segundo a Polícia Civil, o crime aconteceu na Rua Nilo Peçanha, na região central da cidade. Após ser atacada, a mulher foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada para a Santa Casa de Paraguaçu Paulista.


Porém, devido à gravidade dos ferimentos, ela foi transferida para o Hospital Regional de Assis.


Horas depois, a Polícia Militar encontrou o corpo do homem embaixo do viaduto que dá acesso à cidade, com um tiro na cabeça e uma arma mão. A Polícia Civil diz que há indícios de que ele se matou.


Segundo a polícia, as investigações apontam que o casal já estava em relacionamento há cerca de um ano.


A marreta foi apreendida para perícia e o caso será investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Paraguaçu Paulista.

Jennyfer Ferreira, vítima de feminicídio em Paraguaçu, tem melhora no quadro de saúde